Médicos decidem por manter greve suspensa até setembro

Médicos decidem por manter greve suspensa até setembro

Os médicos decidiram manter a greve suspensa em assembleia geral extraordinária (AGE) realizada na noite de quinta-feira, 05, para aguardar avanços nas negociações e o cumprimento dos acordos firmados com o governo do estado. A categoria se reunirá no dia 8 de setembro para avaliar se houve o atendimento das demandas, podendo retomar o movimento paredista.

Segundo o primeiro-secretário, Gilson Lima, a classe entende que a gestão da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) não está dando a devida atenção para melhorar as condições de trabalho, deixando de atender as reivindicações e acordos, prejudicando a melhoria da assistência na saúde para a população.

“Os médicos cobram a retificação do edital do concurso público para que realmente contemple o interesse da sociedade, no que tange a contratação de médicos especialistas e clínicos gerais onde há real necessidade, bem como, pleiteiam direitos trabalhistas, estabelecidos em lei, como adicional de plantão noturno, recomposição das perdas salariais e reformulação do PCCR”, afirmou o sindicalista.

O presidente do Sindmed-AC, Guilherme Pulici, propôs que o movimento de greve não seja completamente encerrado por entender que pode existir a necessidade de mobilização ainda em setembro caso haja mais uma tentativa de enrolar a categoria.

“Não podemos encerrar a mobilização de forma completa até que o governo cumpra com todos os acordos”, disse o representante da classe.

Em mais uma rodada de negociação, os Diretores do Sindicato estiveram na Casa Civil na quinta-feira, 04, e na Sesacre na manhã desta sexta-feira, 05, cobrando avanços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.